ENCERRADO O PERÍODO DA DECLARAÇÃO DO ESTADO DE EMERGENCIA DA CIDADE

O período da Declaração do Estado de Emergência da cidade de Oizumi que iniciou-se em 11 de janeiro, foi encerrado no dia 1. de março de 2021.

Mensagem do prefeito de Oizumi

Quando resolvi emitir a Declaração do Estado de Emergência no dia 11 de janeiro, a média semanal  das pessoas infectadas  nesta cidade que era de 5.0 pessoas, havia aumentado para 6.0 pessoas. Porém  em 26 de fevereiro a média semanal diminuiu para 0.6 pessoas.
Conforme as diretrizes para reativação das atividades socio-economicas, a provincia de Gunma retirou a restrição do horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, com isso encerrarei também o período da Declaração do Estado de Emergência. E também, será encerrado o período de fechamento provisório das instituições públicas do município.
Agradeço profundamente pela compreensão e colaboração de todos.

Porém, o fato de retirar a Declaração do Estado de Emergência, não significa que a questão da infecção,etc.esteja resolvida. Portanto, peço a todos os senhores moradores que continuem tomando os devidos cuidados com os 3 contatos: evitando “ locais fechados com pouca ventilação”,  “aglomeração de pessoas ” e “o contato muito proximo”.  E tambem, reforçar no Novo Estilo de Vida : “manter o distanciamento social”, “usar máscara”, “Não sair de casa., a não ser que seja de extrema necessidade ou emergencial.  

 E ainda, somos contra qualquer atitude de discriminação, desrespeito ou maltrato relacionado a infecção do Novo Coronavirus. 
Vamos todos agir com serenidade e coerencia, e peço que evite atos que possam vir a prejudicar as outras pessoas.     
Prefeito de Oizumi  Toshiaki Murayama

Parâmetros para a Declaração do Estado de Emergência daqui em diante

Pretendemos retornar gradativamente a situação de evitar sair de casa, folga do trabalho, etc, após a retirada da Declaração do Estado de Emergência do dia 14 de maio de 2020.  Para isso, realizamos uma revisão da situação atual e determinar os parâmetros para emissão da Declaração do Estado de Emergência daqui em diante.
 A decisão será a partir do número de pessoas infeccionadas , incluindo as pessoas infeccionadas cuja rota de infecção é desconhecida.

  • Parâmetro básico 1: Média semanal do número de casos novos de infeccção
  • Parâmetro básico 2: Porcentagem semanal do número de casos de infecção cuja rota de infecção é desconhecida.

Caso o dado básico 1 ultrapassar a média de 5.0 pessoas, e o dado básico 2 estiver acima de 50%, será emitida a Declaração do Estado de Emergência.
Caso o dado básico 1 estiver acima da média de 4.0 pessoas, e o dado básico 2 estiver acima de 40%, será emitido o Estado de Alerta.